Qual é a diferença entre Portaria Remota e Portaria Autônoma?

De todos os setores presentes em um condomínio, de longe a portaria é o que exige maior atenção para garantir a segurança de todos os condôminos. Nela se concentra a necessidade de eficiência e responsabilidade, de forma que quando isso não ocorre, diversos problemas podem acontecer, especialmente no quesito da segurança.

Visando prevenir ao máximo tais problemas, nós da Guardian Monitoramento 24h oferecemos aos nossos clientes a possibilidade contratar os serviços e Portaria Remota ou de Portaria Autônoma. Mas você sabe qual é a diferença entre estes dois serviços? Neste post te explicaremos detalhadamente a diferença entre os dois, para que assim consiga avaliar qual é o melhor para o seu condomínio.

1. Portaria Remota

No serviço de Portaria Remota que oferecemos aos nossos clientes, através da integração entre diferentes sistemas de segurança, desenvolvemos projetos personalizados de acordo com a necessidade de cada condomínio. Recebemos a comunicação da portaria do condomínio em nossa base de operações, de forma que atuamos na comunicação e liberação de visitantes, prestadores de serviço e moradores de acordo com todos os procedimentos de segurança.

Todas as informações e comunicações são gravadas e podem ser acessadas pelos gestores para controle e identificação a fim da segurança da prestação de serviço. Já para acesso ao condomínio, os moradores podem utilizar senhas, TAG´s, biometrias e/ou reconhecimento facial, já os visitantes podem ser atendidos diretamente pela nossa base de monitoramento 24h ou ter uma chave virtual por aplicativo, autorizadas por moradores.

Ficou interessado em ver mais sobre nosso serviço de Portaria Remota? Você pode descobrir muito mais sobre este serviço pelo vídeo abaixo, ou clicando aqui.

2. Portaria Autônoma

Considere um condomínio pequeno, que tem um porteiro em meio período, ou nenhum porteiro. Lá, a possibilidade de migrar para a portaria remota já teria sido discutida em assembleia, mas logo descartada devido ao custo. Nem sempre a condição de implantar aparatos de segurança mais sofisticados faz parte da realidade do condomínio. A maioria, aliás, enfrenta questões ligadas ao mal funcionamento das portarias e fica de mãos atadas por inviabilidade financeira.

É para casos como este que oferecemos nosso serviço de Portaria Autônoma Guardian. O sistema é semelhante a um vídeo porteiro coletivo, no entanto sem a necessidade de infraestrutura para os apartamentos. Com a vantagem que mesmo que não esteja em casa, o condômino pode atender o visitante e até autorizar a entrada usando uma a chave virtual. Também consegue enviar convites com data e hora especificas para o visitante ou prestador de serviço entrar no local.

Você pode entender mais sobre a Portaria Autônoma Guardian pelo vídeo a seguir, ou clicando aqui.

Conseguiu entender a diferença entre os dois serviços? Ficou com vontade de saber mais? Entre em contato com nossa equipe comercial e solicite um orçamento.

Gostou desta publicação e gostaria de receber mais conteúdos? Então se inscreva ao lado para receber nossas novidades diretamente por e-mail!

NOS SIGA EM NOSSAS REDES

POSTS RELACIONADOS

RECEBA NOSSAS NOVIDADES